Repórter Guaibense

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Notícias/Educação

Começam as obras de reconstrução da escola Ismael Chaves Barcellos, no Engenho

12ª CRE acredita no retorno das atividades escolares em até duas semanas

Começam as obras de reconstrução da escola Ismael Chaves Barcellos, no Engenho
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Começaram nesta quarta-feira (26) as obras de reconstrução da escola estadual Ismael Chaves Barcellos, uma da mais atingidas pela enchente que devastou grande parte de Guaíba e do Rio Grande do Sul em maio. A instituição de mais de 60 anos atende cerca de 240 estudantes de ensino fundamental no Loteamento do Engenho, próximo ao Centro.

A previsão de entrega pela empresa contratada pelo Instituto Jama, da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, da RBS, é de três semanas. O Instituto Jama, alinhado às secretarias de educação estadual e municipal, está trabalhando na recuperação das escolas que precisam voltar o mais breve possível às suas atividades. Além disso, a prefeitura está auxiliando no aterramento do pátio e na próxima semana uma empresa terceirizada contratada iniciará os trabalhos de limpeza. A escola está atualmente oferecendo ensino remoto até que esteja em condições de receber os alunos, servidores e comunidade para aulas presenciais. 

"Se o tempo ajudar, e ter continuidade no trabalho, acredito que em duas semanas estamos conseguindo estar com os alunos em sala de aula. É uma previsão otimista, então estamos juntos com a direção da escola correndo para isso", afirma o coordenador adjunto da 12ª Coordenadoria Regional de Educação, Lucas Campos.

Leia Também:

Conforme ele, a 12ª CRE está juntamente com a direção da escola pedindo ajuda para várias autoridades do município para aterrar o pátio o quanto antes. 

A diretora Deisi Cristina Batista destaca que o prazo da conclusão não define a data de retorno das atividades, sendo que a parte da obra será isolada do restante do prédio. O acesso será provisoriamente no portão da estrada Ismael Chaves Barcellos, e não pela avenida Victor Scalco, sempre priorizando a segurança e o cuidado de todos. A direção também vai contratar um profissional pra fazer uma revisão na parte elétrica da escola.

Comentários:

Veja também