Repórter Guaibense

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Notícias/Educação

Escolas de Guaíba recebem doação de centenas de livros de Joinville (SC)

A Feira do livro de Joinville e a Editora Coralina abraçaram o movimento de reconstrução das bibliotecas

Escolas de Guaíba recebem doação de centenas de livros de Joinville (SC)
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

As escolas municipais de Guaíba atingidas pela enchente começaram a receber centenas de livros de Joinville (SC), nesta quarta-feira (26). A Feira do livro de Joinville e a Editora Coralina abraçaram o movimento de reconstrução das bibliotecas escolares gaúchas com campanha solidária de doação de livros.

As obras serão para as construções das bibliotecas das escolas de educação infantil Noely Varella, Vovó Flor e a de ensino fundamental Santa Rita de Cássia, que atende quase 2 mil alunos da rede municipal de ensino. 

A vice-diretora Aline de Freitas Oliveira adianta que a instituição está cheia de ideias para mudar a biblioteca, que perdeu cerca de 10 mil obras literárias na enchente que devastou o maior bairro da cidade há quase dois meses. Agora com as doações de Joinville pretendem aumentar o acervo e o espaço para os alunos, com computadores para pesquisa e cantinhos de leituras nas salas de aula.

Leia Também:

"A escola está devagarinho reconstruindo e refazendo a escola com as doações de Joinville. Foi uma página triste que agora está virando um capítulo feliz", afirma. 

A Academia Rio-Grandense de Letras foi uma das entidades articuladoras para a vinda dos livros da cidade catarinense. O escritor Pedro Paulo Graczcki conta que era natural que ele não pedisse roupas ou água, pois parecia que já havia doações suficientes ao povo gaúcho, então ele sugeriu em repovoar as bibliotecas que foram perdidas. E foram muitas.

"O nosso país se faz com homens e com livros, então essa reconstrução do Rio Grande do Sul não pode ser apenas uma reconstrução física. Nós temos também que investir na alma e no conhecimento. A construção de uma nova sociedade não pode acontecer sem a evolução humana que se dá na literatura, então é absolutamente importante que as pessoas acessem mais os livros", expressa.

A Educação de Joinville enviou também materiais escolares no mês passado. Outra colaboração foi na montagem das cozinhas dessas unidades escolares, com geladeira, fogão industrial, utensílios como panelas, tábuas, potes e demais itens. Os materiais suprem a necessidade de Guaíba que teve itens completamente danificados pela enchente.

Comentários:

Veja também