Repórter Guaibense

Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

Notícias/Educação

Férias sem Fome: prefeitura de Guaíba garante alimentação para alunos de escolas municipais

Além de alimentação saudável, crianças ainda terão atividades lúdicas e criativas

Férias sem Fome: prefeitura de Guaíba garante alimentação para alunos de escolas municipais
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Até o próximo dia 9 de fevereiro, alunos de escolas municipais de Guaíba terão garantido o recebimento de refeições diárias através do projeto "Férias sem Fome". A iniciativa será promovida pela Secretaria de Educação, visando assegurar uma alimentação saudável para os estudantes mais vulneráveis do município durante o período de recesso escolar.

As escolas beneficiadas por esse projeto serão a Máximo Laviaguerre, Santa Catarina, José Carlos Ferreira, Amadeu Bolognesi,  Teotônio Brandão Vilella, Pedras Brancas e Três Patinhos, que já começaram as atividades programadas para a semana. As crianças terão oficinas de brincadeiras, hora do conto, atividades com materiais recicláveis e elementos da natureza, música, rodas cantadas e muito mais.

O investimento previsto para essas ações supera os R$30.500,00 em recursos livres destinados à compra de alimentos frescos e saudáveis e serão oferecidos para os alunos café da manhã e almoço.

Leia Também:

Para o prefeito Marcelo Maranata, muitas famílias do município enfrentam dificuldades no suprimento de uma alimentação adequada para seus filhos no período de férias. “Não poderíamos nos omitir. A alimentação regular e saudável é um dos fatores essenciais para o bom desempenho escolar”, comenta.

Para a secretária de Educação, Magda Ramos, o projeto "Férias sem Fome" é de extrema importância, pois é um facilitador da aprendizagem na rede municipal de ensino. “A escola torna-se mais atrativa e prazerosa para nossos estudantes. Dessa forma, a família e a escola participam de um ambiente acolhedor, que oportuniza integração através do desenvolvimento de atividades lúdicas, oferecendo também uma alimentação saudável”, diz.

Comentários:

Veja também