Repórter Guaibense

Notícias/Educação

Prefeitura de Guaíba assume gestão das escolas Itororó e Albino Hackmann

Equipes avaliaram a situação física dos espaços nesta terça-feira

Prefeitura de Guaíba assume gestão das escolas Itororó e Albino Hackmann
Roneci Ilha Pereira/Arquivo pessoal
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A escolas Albino Hackmann e Itororó passaram a serem da prefeitura de Guaíba após assinatura dos termos de cooperação junto ao Estado na última sexta-feira (7). O prédio da instituição da Florida estava abandonado desde o encerramento de suas atividades, em 2020, e do Ermo registrava historicamente baixo número de matrículas de crianças e adolescentes.

Segundo a vice-prefeita Claudinha Jardim (PL), foram muitos meses de envolvimento direto, reuniões, juntada de documentos e busca de alternativas para que isso finalmente acontecesse.

O Itororó recebeu visitas técnicas das equipes de Educação, Saúde e Engenharia nesta terça-feira (10) que, nas próximas semanas, pretendem reorganizar as estruturas escolares reunindo a comunidade do Itororó e também do anexo da Darcy Berbigier, da Alvorada, para alinhamento do trabalho e organização de cronograma de todas as etapas.

A coordenadora educação de Educação, Claudete Oliveira, destaca que a decisão do governo estadual bate com a ideia de entregar as turmas de ensino fundamental para responsabilidade dos municípios.

"A gente entende também que somos responsáveis pela educação do Município, somos servidores públicos estaduais à serviço dos munícipes. Ainda temos nossa cota de responsabilidade nos índices de educação do Munícipio. Então, desta forma, tornou-se incabível manter a direção dessas escolas com poucos estudantes tendo uma outra rede com uma demanda enorme de alunos. Independente da rede, é obrigação nossa fornecer o ensino básicos para nossos estudantes", diz.

A ideia também é que a Secretaria de Saúde implante no local uma Estratégia de Saúde da Família, com duas equipes, para atender 8000 pessoas da região.

Nas dependências da antiga escola Albino as equipes avaliaram a situação física do espaço. O secretário da Infraestrutura, Ivan Barcellos, participou também da verificação inicial para que iniciar de imediato com uma limpeza geral no pátio com roçada e podas. Partindo dessa ação, há de fazer reparos em algumas partes do prédio e também reformas estruturais para comunidade voltar a utilizar esse prédio público.

Comentários:

Veja também