Repórter Guaibense

Notícias/Educação

Escolas estaduais de Guaíba são contra retorno das aulas presencias neste momento

Estado prevê a volta no próximo dia 20

Escolas estaduais de Guaíba são contra retorno das aulas presencias neste momento
Valmir Michelon/Nova Folha
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Diretores da escolas estaduais de Guaíba são contra a retomada das aulas neste momento. Eles pretendem entregar um documento de repúdio para coordenadora da 12ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Vera Almeida, e ao prefeito de Guaíba, José Sperotto. O Estado decidiu que esse retorno comece no próximo dia 20, para ensino médio e cursos técnicos.

Dos 17 dirigentes das instituições, 13 assinaram o documento. Entre eles, das escolas Gomes Jardim, Ismael Chaves Barcellos, Augusto Meyer, Ruy Coelho Gonçalves, Solon Tavares, Carlos de Moura e Cunha e Aglae Kehl.

 - Entendermos todo o esforço do Governo do Estado em tentar  fornecer equipamentos à servidores e professores para o retorno gradual das aulas neste mês de outubro. Mas somos contrários ao retorno das aulas enquanto não houver a segurança absoluta para crianças, estudantes e servidores da educação - revelam em nota.

Segundo eles, a realidade das escolas estaduais é diversificada, na sua maioria recebe alunos de diferentes bairros e outras cidades, o que aumenta o risco de contaminação do covid-19.

 - Defendemos  a manutenção das aulas remotas que ao longo do ano vem sendo aperfeiçoadas com formações oferecidas pela Secretaria de Educação do Estado para professores e estudantes.  Os alunos com dificuldades, já estão sendo atendidos com a busca das atividades da escola . Pesquisas  internas das escolas tem mostrado na maioria dos alunos e responsáveis o  desejo do não retorno até as garantias sanitárias - diz documento que já tem a assinatura de escolas escolas estaduais de Guaíba.

Segundo o portal de notícias do governo estadual, o retorno se dará em regime de plantão, em revezamento e escalonamento, cumprindo todos os protocolos sanitários do modelo de distanciamento social controlado. Durante o período, serão realizadas ações de organização das equipes, adaptação dos ambientes frente aos protocolos e alinhamento pedagógico à Matriz de Referência do Modelo Híbrido de Ensino, entre outras iniciativas.

A Secretaria Estadual de Educação também encaminhou às Coordenadorias Regionais de Educação memorando circular que orienta para este retorno das atividades presenciais de preparação nas escolas estaduais a partir de 5 de outubro. Entre os requisitos para a ação estão a aquisição e o uso de máscaras, álcool gel, termômetro, luvas descartáveis de látex, produtos de higienização, água sanitária e desinfetantes, conforme os protocolos sanitários.

Comentários:

Veja também