Repórter Guaibense

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

Notícias/Saúde

Guaíba registra menos de 50% de cobertura vacinal contra gripe

A vacinação está liberada para qualquer pessoa acima dos seis meses de idade desde o início de maio

Guaíba registra menos de 50% de cobertura vacinal contra gripe
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Guaíba registra 42,8% de cobertura vacinal na Campanha Nacional contra a Influenza, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Ou seja, menos da metade dos grupos prioritários (gestantes, puérperas, crianças, idosos e indígenas) tomaram a vacina contra gripe em três meses.

A vacinação está liberada para qualquer pessoa acima dos seis meses de idade desde o início de maio. As secretarias de Saúde ofereceram a imunização às vítimas da enchente que atingiu grande parte do Rio Grande do Sul, sendo que cerca de 1,2 mil pessoas foram imunizadas em 75 abrigos temporários de Guaíba. Ao todo, a cidade aplicou 17,2 mil doses até esta terça-feira (4).

Dentro do possível, a orientação é que sejam atualizados esquemas de vacinação contra a gripe (influenza) e covid-19, que protegem contra infecções respiratórias, especialmente no atual momento, em que várias pessoas estão abrigadas em espaços com outras famílias, facilitando a contaminação por esses vírus. Além dessas, também estão sendo aplicadas vacinas antirrábicas, antitetânicas e contra Hepatite A, que são as principais ocorrências em eventos climáticos extremos como esta que está assolando o estado.

Leia Também:

Os atendimentos acontecem nos postos de saúde da Vila Iolanda, Columbia City, Ermo, Centro, Pedras Brancas, Primavera e Nova Guaíba, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30. A sala de vacina da unidade de saúde da Cohab tem horário diferenciado: das 9h às 12h e das 13h às 16h, com vacinação volante (casa em casa).

 

Comentários:

Veja também