Repórter Guaibense

Notícias/Cultura

Grupo Comparsaria das Façanhas oferece curso gratuito de Teatro do Oprimido

Em decorrência das medidas sanitárias ao covid-19, as vagas são limitadas

Grupo Comparsaria das Façanhas oferece curso gratuito de Teatro do Oprimido
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após dois anos da última realização, o Grupo Comparsaria das Façanhas irá ministrar em Guaíba mais uma iniciação teatral através do método Teatro do Oprimido, de Augusto Boal. O curso será gratuito e presencial, mas, em decorrência das medidas sanitárias ao covid-19, as vagas são limitadas. 

A turma de 2022 iniciará no dia 25 de junho com aulas, aos sábados, ministradas por Araxane Jardim, Déia Alencar e Jaqueline Lepsen. As inscrições seguem até dia 23 pelo formulário online (clique aqui). 

O teatro do Oprimido é um método teatral formado por diversas técnicas que resultam em um modelo diferenciado de prática cênico-pedagógica, visando à mobilização do público. A metodologia foi criada pelo diretor, dramaturgo e teatrólogo brasileiro Augusto Boal durante a década de 1970.

O seu conteúdo programático inclui exercícios e jogos dramáticos do Teatro do Oprimido; técnica de estética do oprimido (roteiro, pesquisa de sonoplastia para encenação, confecção de figurinos e cenário); criação de cena para Teatro Fórum; mostra cênica com duas apresentações (Porto Agre e Guaíba); emissão de certificados para participantes que tiverem frequência igual ou superior à 80%. 

Em mais de uma década de arte e resistência, o Grupo Comparsaria das Façanhas realiza o projeto oferecido, gratuitamente, à comunidade de Guaíba, Porto Alegre, Região Metropolitana e interior do RS.

Comentários:

Veja também